A preferência pelas cores ao longo da vida

As mudanças que acontecem ao longo do tempo são o que realmente dão sentido à vida. Elas nos permitem crescer, aprender, errar, evoluir. Vida e inércia são coisas completamente opostas, porque vida, é movimento. Um segundo basta para que você já não seja o mesmo, o tempo que passou não volta. Mudamos de casa, de emprego, de visual, de opinião, de objetivos, de atividades…mudanças acontecem a todo momento, em todos os detalhes.

Entre eles, é curioso reparar que mudamos também as nossas preferências, inclusive pelas cores. Obviamente neste ponto, a mudança tem uma relação intrínseca, com a atmosfera ao nosso redor, com nossos anseios e com o que não nos agrada, e acontece de forma sutil, tanto, que as vezes nem notamos. De um modo geral podemos apontar, de acordo com a faixa etária e sexo, tais alternâncias, neste aspecto, em relação as cores mais populares:

A preferência pelas cores ao longo da vida

Tabela da página 129 do livro “Psicologia das cores”, de Eva Heller

 

studio indica: fernanda lacorteFernanda Lacorte

Formada em Design de Moda, atuou no varejo de luxo, na indústria – como estilista e ministrou workshops culturais. Hoje, com formação em Consultoria de Imagem, consegue unir todas as suas habilidades e referências em um só trabalho. Membro associado da AICI – Chapter Brazil – Association of Image Consultants International.