BLOG DA LU

O contraste natural da pele

contraste natural da pele - anne hathaway

Quem já fez algum curso comigo já sabe: entender o contraste natural da pele é importantíssimo para quem deseja fazer um teste de coloração pessoal. Então, vamos começar do começo: contraste é a diferença de profundidades entre as cores de olhos, cabelos e pele de alguém. Uma vez que você tenha essa resposta, eu recomendo que maquiagem e coloração dos cabelos repitam esse mesmo contraste natural da pele, para que o resultado seja o mais harmônico possível. A dica também vale para lenços e demais acessórios usados próximos ao rosto.

O conceito de harmonia é o que consideramos na coloração pessoal, pois transformar radicalmente o contraste natural de uma pele pode não valorizar a beleza das pessoas. Quem se beneficia disso é apenas um ator ao construir um personagem. Mas experimenta encontrá-lo sem a caracterização completa! Você vai ver uma aparência abatida. Veja a foto da atriz Anne Hathaway na abertura esse post para entender o que eu estou falando.

As atrizes ainda passam por mais transformações que os atores, sobretudo em campanhas de marcas de tintas de cabelo. E aí mora o perigo de perder em harmonia, como aconteceu com a atriz Leighton Meester (intérprete de Blair na série Gossip Girl)…

contraste natural - leighton meester

Na hora de escolher o look, uma estampa de alto contraste próxima do rosto de alguém de baixo contraste faz com que a gente não perceba sua beleza. Cabelos muito escuros em alguém de baixo contraste pode trazer uma aparência abatida… e assim por diante.

Quer aprender um pouco mais? Vem comigo! As peles se dividem em três tipos de contraste: o baixo (que pode ser claro ou escuro), o médio e o alto. Lembrando que quando uma consultora de imagem analisa um cliente ela precisa considerar a pele sem maquiagem e a coloração natural dos cabelos. Se eles estiverem tingidos, é melhor cobri-los para não confundir. No caso dos homens, se eles têm uma barba espessa também é bom tomar cuidado, porque ela sempre potencializa a impressão de contraste.

Para não ter erro, siga o passo a passo, dentro do teste de coloração pessoal, para identificar o contraste natural da pele.

contraste - teste

1. Peça para o seu cliente um retrato em preto e branco sem maquiagem: em escala de cinza é mais fácil perceber a diferença de profundidade entre pele, cabelos e olhos. Ah, avise que o importante é analisar uma imagem em que a pessoa não tenha micropigmentação, nem sobrancelha descolorida ou cabelo colorido artificialmente.

2. Numere a profundidade da pele, dos cabelos e dos olhos. Use uma escala de 1 a 10 para facilitar.

3. Faça um diagnóstico inicial, subtraindo os números. No caso acima, a cliente tinha cabelos e olhos muito escuros (10) e pele também escura (8). Para descobrir quão forte era esse contraste, calculei 10 – 08 = 02. E descobri que ela tinha baixo contraste escuro.

4. Agora, analise seu cliente pessoalmente, sentado diante de um espelho, em um ambiente com iluminação natural ou que reproduza a luz natural. E então, faça os testes com os materiais Studio Immagine, que você compra aqui.

contraste - materiais

Pronto, agora, é encontrar tons de cabelo e maquiagem que reproduzam esse contraste natural da pele e aliar essa escolha com a personalidade dos seus clientes, como a gente sempre fala aqui na Studio Immagine.

Posts Relacionados

X