BLOG DA LU

Como escolher o tom de cabelo para cada beleza

Uma das perguntas que mais recebo é justamente essa: como escolher o tom de cabelo para cada beleza? Para começar, é importante passar por um teste de coloração pessoal, não preciso nem dizer, né? Então, com sua cartela em mãos, vale procurar um cabeleireiro visagista que saiba fazer uma leitura das cores que mais harmonizam com a sua pele.

Claro que quanto mais informações você tiver para passar referências, melhor. Então, vamos começar com a leitura da numeração das cores cosméticas de cabelo. Os números antes do ponto (ou da barra ou da vírgula) indicam a cor da base, ou seja, a profundidade do tom do cabelo natural. E é daí que seu cabeleireiro vai partir. Na sequência, ele deve avaliar o restante da numeração, que tem a ver com nuances. O meu cabelo, por exemplo, tem profundidade 6, mas posso ter várias nuances: um tom de loiro escuro mais dourado (que é das cartelas quentes), um avermelhado ou um marrom.

As escolhas são muitas e a dica de ouro aqui para escolher o tom de cabelo é: quanto mais parecido ele for com a cor da raiz do seu cabelo, mais natural fica e mais harmônico com as sobrancelhas.

É importante dizer que quando a gente, como consultora de coloração pessoal, passa cores de referência para a cliente, levando em consideração o TIP (a profundidade analisada na cor cosmética e mais temperatura e intensidade). Mas precisamos entender duas coisas: 1. Existe mais de uma cor que tem resultado harmônico para cada tipo de pele e 2. A cor referência não é a cor cosmética. Ou seja, não quer dizer que o profissional de beleza vai pintar o cabelo daquela cor, mas sim que ela é o resultado desejado. E para chegar nela, depende do conhecimento do profissional, da tinta aplicada e até da reação do próprio cabelo.

E como vocês podem ver nas fotos que ilustram esse post, temos um material novo aqui na Studio que veio para ajudar a esclarecer: afinal, como escolher o tom de cabelo para cada beleza?

A cartela de mechas (que você compra aqui) tem uma amostra pequena de cada tom de cabelo por estação. A ideia é personalizar ainda mais cada atendimento, mostrando dentro dessas cartelas quais tons funcionam para aquela beleza (uma primavera brilhante não vai ficar bem em todos os tons, por exemplo). Vale considerar também, é claro, o desejo de imagem: sua cliente quer transmitir com os cabelos a ideia de força? De acessibilidade?

Eu adoro esse material porque a cliente pode visualizar como vai ficar o resultado após a aplicação da cor cosmética e até levar pra casa ou para mostrar para seu cabeleireiro exatamente o que ela deseja.

E se você é cabeleireiro ou maquiador e precisa de um espaço superbacana para atender suas clientes, tenho mais uma notícia incrível: aqui na Casa Colorida, temos 1 sala totalmente equipada para o seu atendimento, com dois espelhos, iluminação ideal para inclusive fazer teste de coloração pessoal e um lavatório. Olha que linda:

Situada no número 160 da rua Ouro Branco, uma viela tranquila a poucos passos da agitada Avenida 9 de Julho, a casa tem um jardim e um café supercharmosos que só vão agregar valor ao seu atendimento. Para alugar, escreva para contato@studioimmagine.com.br.

Posts Relacionados

Flanar – pelo planeta, na sala de aula, nas ruas de São Paulo ou mesmo dentro de casa – é buscar inspiração. E é isso que eu divido com vocês aqui, no meu blog.

Últimos Posts

X