BLOG DA LU

Como usar cores no trabalho?

post 26 - Rachel Jordan e Luciana Ulrich - como usar cores no trabalho

O dress code de trabalho varia muito de acordo com a área onde você atua e também do cargo que ocupa: um bancário ou advogado certamente não se veste da mesma forma que um publicitário ou designer. Mas não é difícil desvendar a forma certa de se adequar à sua empresa. E para esclarecer o uso de cores do trabalho eu entrevistei a minha parceira de 4 Talks Rachel Jordan. A Rachel orienta pessoas e empresas em temas relacionados a imagem pessoal e profissional, etiqueta corporativa e dress code.

Esclareça aqui as principais dúvidas sobre como usar cores no trabalho:

Lu: Se a pessoa está em uma área mais conservadora, como ela pode usar cores no trabalho?

Rachel Jordan: No dress code mais formal a gente não vê cores vivas e misturas de estampas, mas sim tons neutros, cores escuras e opacas. Se a pessoa é mais criativa, pode colocar essa pitada de cor na armação dos óculos, na capa do celular, em uma bolsa, um lenço, uma gravata, a pulseira de um relógio… Uma advogada não pode colocar um scarpin amarelo vivo, pois as cores mais sóbrias passam credibilidade e confiança.

post 26 - cores no trabalho - Rachel Jordan (8)

Lu: Mas e se ela já conquistou a confiança daquele cliente?

Rachel Jordan: Quando a gente fala em dress code, pensa sempre em uma primeira impressão.

 

Lu: Vale mais a pena ousar na bolsa que no sapato?

Rachel Jordan: A bolsa pode ter mais chance de dar certo com cores fortes, porque a gente apenas chega e sai do escritório com ela. Ela não está ali o tempo todo, no ambiente do escritório.

post 26 - cores no trabalho - Rachel Jordan (2)

Lu: O que não usar em termos de cores no trabalho?

Rachel Jordan: O que existe é uma lista de cores para usar com bom senso. Já imaginou uma juíza de toga e um brinco azul, um sapato vermelho? Pode passar uma mensagem de que ela está fora de contexto. Além disso, cores marcantes podem falar mais alto que a mensagem que a pessoa quer transmitir. Não existe o proibido, mas veja, por exemplo, o rosa-bebê. Ele passa uma ideia de fragilidade, mas se estiver em um look de cortes modernos, com um cabelo atual e acessórios de design, ganha um equilíbrio. Um terno rosinha pode ser superbacana, pois são peças que têm uma conotação forte e passam seriedade Aliás, vimos muitos nos últimos desfiles.

post 26 - cores no trabalho - Rachel Jordan (9)

Lu: Quais cores costumam funcionar bem no ambiente de trabalho?

Rachel Jordan: O preto a gente já sabe que é formal, mas tem também vinho, azul-marinho, verde musgo e camelo, que são superchiques e igualmente neutros.

 

Lu: E quanto a esmalte e maquiagem? Eles podem ser um ponto de cor no look?

Rachel Jordan: Sim, mas se exageros. Digamos que você goste de batom vermelho. Para usar no escritório, não precisa ser um tom carnal. Pode puxar para o rosa e o vinho. Nas áreas de saúde e administrativa, tem certos esmaltes que não dá para usar, como amarelo, verde, com desenhos, glitter… o ideal é apostar em neutros. Ambientes mais formais também exigem cuidado: já imaginou ser atendida por alguém em um consultório com um esmalte roxo e uma ponta aguda? Minha dica é: deixe verdes, azuis e amarelos para ambientes mais informais e criativos, ou seja, se você for arquiteta ou trabalhar com marketing e fotografia. Já chumbo, grafite e preto valem mesmo para ambientes formais, mas procure tons mais fechados. Para maquiagem é a mesma regra: ambientes formais pedem base, sombra mais marrom e um batom leve ou vermelho opaco. Já quem trabalha na área de beleza pode ousar. Na dúvida, antes de sair de casa vale se perguntar: estou indo pra balada ou pro trabalho?

post 26 - cores no trabalho - Rachel Jordan (9)

 

Lu: Existem áreas em que todas as cores são permitidas?

Rachel Jordan: Se a pessoa trabalha em uma agência de publicidade ou marketing e em agência de fotografia, o que se espera dela é criatividade, mesmo que seja a CEO. Um look caretinha preto e branco não vai transmitir essa impressão. O importante é bom senso: observe como se vestem as outras pessoas daquela empresa.

post 26 - cores no trabalho - Rachel Jordan (4)

Lu: Tem algum conselho final sobre cores no trabalho?

Rachel Jordan: Sim. É muito verdadeira aquela frase que diz “vista-se para o cargo que você quer atingir e não para o que você ocupa”, então fique atenta aos sinais ao seu redor e ao significado das cores.

post 26 - cores no trabalho - Rachel Jordan (7)

Posts Relacionados

X