BLOG DA LU

As cores mais usadas na pandemia

Gente, vocês notaram uma mudança de comportamento fashion durante esses tempos de isolamento? Parece que a gente ficou sem inspiração para se vestir e combinar cores ou investir em acessórios, né? Agora, que a vida começa a ganhar uma nova normalidade, os looks coloridos estão voltando com tudo. Mas quais são as cores mais usadas na pandemia? Aqui eu já tinha trazido um levantamento das cartelas das marcas de moda.

Em uma enquete nos meus Stories, perguntei se a relação das pessoas com as cores tinha mudado e percebi que isso aconteceu com muita gente. Então, quis saber quais cores passaram a ser mais usadas recentemente e o resultado traz uma amostra das cores mais usadas na pandemia. Entre as 112 respostas, 24 falaram de lilás (ou roxo), outras 24 falaram de rosa e 19, de verde. Foram as mais citadas. Por isso, fui conversar com a psicóloga Beth Ulrich sobre o significado dessas cores.

“Achei muito interessante que essas três cores têm um significado especial para esse tempo que estamos vivendo: o recolher-se e olhar pra dentro do lilás, trabalhando a espiritualidade e as mudanças, a afetividade e a ternura do rosa e a necessidade de natureza, representada pelo verde”, disse.

O verde tem a ver ainda com esperança, saúde e com o fluxo natural da vida, enquanto o rosa fala de sensibilidade. “Definitivamente é algo que estamos precisando desenvolver: olhar para o outro com mais ternura e amor”, completa Beth.

Aliás, o rosa é tema este mês da nossa nova série do YouTube, batizada de A História das Cores. Nela, eu converso com a professora de história da moda e da arte Beth Venzon sobre a mudança do significado das cores ao longo da história. Claro, a gente fala também sobre as cores mais usadas na pandemia e seus símbolos. É um conteúdo gratuito da melhor qualidade. Está imperdível e vocês podem assistir clicando aqui.

E do passado e do presente para o futuro, chegamos à cartela de cores da Pantone para o inverno 2022, apresentada na NYFW. Não tem lilás, mas o rosa e o verde marcam presença em dois tons. Vejam só como as cores são realmente uma leitura do espírito do tempo em que vivemos.

Posts Relacionados

Flanar – pelo planeta, na sala de aula, nas ruas de São Paulo ou mesmo dentro de casa – é buscar inspiração. E é isso que eu divido com vocês aqui, no meu blog.

Últimos Posts

X