BLOG DA LU

Pele Oliva: o que é e os desafios de identificar

O post de hoje fala de algo que muitas consultoras me questionam nos cursos: o que é e como identificar a pele oliva?

Se você já fez a sua Análise de Coloração Pessoal e descobriu que tem a pele oliva, também não deixa de ler este artigo até o final, porque nele, vou falar também sobre:

  • O que é pele oliva, suas características e origem
  • Como identificar esse tipo de pele?
  • Em quais cartela de cores encontramos a pele oliva?
  • Dúvidas comuns sobre a pele oliva
    • Pele oliva é quente ou fria?
    • Pele oliva negra: é possível?
  • Cores de roupa e cabelo
  • Maquiagem para a pele oliva: como acertar no tom!

Pele oliva: o que é, características e origem

A pele oliva é o que eu chamo de pele camaleão porque ela tem uma característica particular: parece ser quente e mais amareladinha mas, na verdade, se valoriza com tons frios. 

Também tem um fundo esverdeado, o que confunde muitas consultoras e pode tornar o diagnóstico da cartela mais desafiador! Por isso, a importância da consultora praticar o olhar e estar preparada para atender clientes de pele oliva.

A pele “falsa-quente”, como também é conhecida, é muito comum em países miscigenados, como o Brasil. Também a encontramos nos países asiáticos e outros. Isso explica por que muitos descendentes árabes e indianos têm a pele oliva! 

Como identificar a pele oliva?

O primeiro aspecto importante para identificar a pele oliva é ouvir a cliente. A cliente de pele oliva normalmente já comenta com a consultora que sente muita dificuldade em encontrar a base perfeita para o seu tom de pele. 

Além de ouvir a cliente, o teste de Coloração Pessoal no Método Studio Immagine é muito democrático e abraça todos os tipos de pele. 

Para identificar a pele oliva, o processo é o mesmo: começamos pelo contraste, profundidade, intensidade para, por último, avaliarmos a temperatura da pele da cliente. É justamente na temperatura que a pele oliva pode nos enganar.

Ao olharmos para a cliente, ela vai aparentar ser mais amareladinha. No entanto, são nos três tecidos de temperatura (dimensão, subtom e tecidos vermelhos) que a pele oliva se revela. 

Nos tecidos de temperatura quente, você vai notar que a pele da cliente ficará amarelada demais. 

Já nos tecidos frios, a beleza da cliente ficará mais uniforme, disfarçando olheiras, manchinhas e linhas de expressão. 

Tenho duas dicas super importantes que facilitam o diagnóstico da cliente de pele oliva:

  • Na pele oliva, os lábios são mais rosados (frios) do que corais (mais quentes)
  • Note também se os cabelos têm fundo acinzentado (frios) ao invés de dourados (mais quentes)

Assim, fica muito mais fácil identificar a pele oliva!

Em quais cartela de cores encontramos a pele oliva?

Embora aparentem ter pele quente, as pessoas de pele oliva são de cartelas frias, ou seja, só podem ser do Verão ou Inverno. Na grande maioria dos casos, a temperatura é também uma característica secundária (neutra-fria). Desse modo, majoritariamente, são:

  • Inverno Escuro 
  • Inverno Brilhante
  • Verão Claro
  • Verão Suave

Como minoria, podemos encontrar pele oliva também no Inverno Frio ou Verão Frio. Mas são exceções!

Curiosidade: muitos livros citam somente peles de inverno como sendo oliva, mas há clientes com pele de verão e subtom frio, com um quê amarelado.

Dúvidas comuns sobre a pele oliva

Meu objetivo aqui é sanar todas as suas dúvidas sobre a pele oliva. Por isso, vou trazer duas que são super recorrentes tanto durante as aulas de Formação em Coloração Pessoal, como também entre as clientes. 

1. Existe pele oliva quente? 

Não! Não existe pele oliva quente. Essa é uma dúvida que muitas clientes trazem para a hora do teste e que a consultora precisa saber respondê-la corretamente. 

Essa confusão se dá por dois motivos:

O primeiro é que a pele carrega por si só essa aparência de quente (amarelada), mas fica mais iluminada com tecidos em cores frias. 

Já o segundo motivo é que alguns profissionais e marcas de maquiagem, como a Dior, trabalham com nomenclaturas de maquiagem que tratam a pele oliva como quente, como Warm Olive (Oliva Quente). 

Porém, após realizar mais de 10.000 testes de cor e ser pioneira no Brasil em Análise de Coloração Pessoal, eu defendo a teoria de que pele oliva só em cartela fria!

Nessas maquiagens, tons como o Warm Olive da Dior trazem o pigmento da base ou do corretivo, por exemplo, apenas com um quê mais amareladinho do que o Cool Olive, que seria o Oliva Frio.  

E isso já é algo que nós, consultoras de cores, já recomendamos naturalmente às nossas clientes que têm a pele oliva: misturar bases de tons quentes e frios para chegar ao tom perfeito. 

Trata-se apenas de uma questão de nomenclatura de mercado. Porém, para ser pele oliva, ela precisa ter a temperatura fria, ok?

2. Pele Oliva negra: é possível?

Não só é possível, como é muito comum no Brasil!  Podemos ter peles negras frias, neutra-frias, quentes, neutra-quentes e também pele negra oliva!

Famosas que têm Pele Oliva

Para vocês visualizem casos de Pele Oliva na prática, vou trazer aqui dois exemplos muito famosos. O primeiro é o da Meghan Markle. 

Ao menos, eu deduzo fortemente que se trate de um caso de pele oliva pelas fotos que já vi dela com roupas de cores frias e quentes. 

Mas como sempre comento aqui: a confirmação da cartela de uma cliente precisa ser feita com a realização do teste de cor presencialmente, ok? Esse é um palpite que tenho! Voltemos a ele…

Quando a Meghan Markle usa cores frias (como a primeira foto), seu rosto se ilumina! Já os tons mais amareladinhos (segunda foto), ou seja, quentes, deixam-na com a pele mais amarelada. 

Meghan Markle tem a pele oliva e está vestindo cores frias
Meghan Markle em cores frias
Meghan Markle vestindo cores quentes
Meghan Markle em cores quentes

Outra famosa que tem a pele oliva é a atriz Juliana Paes. Eu pude fazer o teste da Juliana junto à sua irmã, Mariana Paes, que também é consultora de cores e foi minha aluna. 

A Juliana Paes é da cartela Inverno Brilhante! Ou seja, tem a intensidade como característica principal, a temperatura neutra-fria como característica secundária e se valoriza também com as cores mais escuras!

Confira o teste de cor completo da Juliana Paes no vídeo a seguir:

E sabe o curioso? A Mari Paes também tem pele oliva e é da cartela Inverno Brilhante! Ou seja, as irmãs têm a mesma cartela de cores. 

Maquiagem para a pele oliva: como acertar no tom!

Conseguiu identificar a pele oliva na sua cliente? 

Então anote: esse tipo de pele tem muita dificuldade para encontrar a maquiagem perfeita, principalmente, a base. 

Como falei antes, muitas vezes, indico às clientes que misturem dois tons: um mais rosado e outro mais amarelado a fim de chegar ao tom perfeito com aspecto natural. No quesito sombras, blushes e batons, ela deve preferir os tons mais frios e rosados. 

As cores amareladas e quentes não valorizam a beleza natural de quem tem pele oliva. Fuja de coral, terracota, pêssego… A maquiagem é o que realmente indico que esteja no tom certo, porque ela tem um impacto enorme na nossa beleza!

Cores de roupas e cabelos

Os cabelos tendem a ter um fundo acinzentado. No caso das pessoas de Inverno, indico que mantenha a moldura do rosto sempre mais escura e não clareie demais os fios para preservar o seu contraste natural. 

Caso queira clarear as pontas ou fazer mechas ou luzes, opte por tons frios e acinzentados, fugindo dos loiros mais quentes. Nas roupas, a indicação é a mesma: prefira os tons frios e explore as diversas cores da sua cartela!

Todos elas combinam entre si, o que é ótimo para você diversificar a montagem de looks para a sua rotina. Se a sua cliente for apaixonada por cores quentes, não tem problema: lembre-se de orientá-la a escolher as cores da sua essência para completar a cartela. 

Depois de escolhida as cores, demonstre como ela pode usá-las: longe do rosto ou com a compensação de acessórios que realcem seus traços mais bonitos.

Não precisamos abdicar de cor alguma! Com a Consultoria de Cores, aprendemos a utilizá-las a nosso favor. 

Workshop Aprenda a Combinar Cores

Fotos: Reprodução/Instagram @theroyalfamily

Posts Relacionados

X