BLOG DA LU

Invasão no blog: minha experiência na Fábrica de Negócios

Oi, gente, peço licença para “invadir” o blog da Lu hoje. Eu sou a Priscilla Portugal, criadora de conteúdo da equipe Studio Immagine e aluna da primeira turma da Fábrica de Negócios, que já está acabando. Eu pedi pra ocupar esse espaço para contar para vocês como foi incrível essa experiência para alguém que quer começar um negócio ou está em fase de transição de carreira.

A primeira aula, com a Roberta Miranda, é uma luz para quem está perdido. Ela te ajuda a ver qual é sua marca pessoal ou, resumindo de forma poética, o que você vai deixar no mundo. Pontos fortes, fracos, o que dá para melhorar, o que é preciso encarar, o que faz de você única. Afinal, você É uma marca. Como branding é uma grande paixão, eu amei esse módulo. Posso dizer que é uma viagem de autoconhecimento necessária para você entrar no maravilhoso mundo do empreendedorismo.

Na segunda, com o Mauro de Oliveira, fizemos uma imersão no comportamento do consumidor de diferentes gerações – área que também adoro estudar. É muito bacana entender como vamos falar, em que público vamos mirar e como ele entende o mundo de uma maneira geral.

A semana seguinte trouxe duas aulas com a chefinha de Marketing da Studio, a Michelle Lima. Aí foi uma viagem por teoria e prática: conceitos de base se combinaram a cases de sucesso de marcas que amamos e muitas lições que (por vezes nem notamos!) elas podem trazer para o nosso negócio. Muitos vídeos para salvar nos favoritos do YouTube e tentar absorver tudo aos poucos. Aliás, vocês sabem que as aulas da Fábrica ficam gravadas por 90 dias pra gente assistir quando puder, né?

Depois, veio a parte mais pé no chão da Fábrica de Negócios, perfeita pra organizar o milhão de informações soltas que a gente vê na internet e em artigos, mas nem sempre traz para a nossa realidade: o André Ulrich e Marcia Lopes falaram sobre direito – noções sobre questões legais que ajudam a gente a evitar problemas – e a Andrea Cavalcante, nossa chefinha no Financeiro – ensinou a estruturar um negócio. Sim, ela simplificou conceitos como faturamento, investimento, entradas, saídas, custos, lucro… deu exercícios práticos, orientou todo mundo… Sério. Não recomendo a ninguém abrir um negócio sem uma mínima noção de tudo isso.

A Marilia Cavalhinha falou sobre a moda como um sistema, desfazendo toda e qualquer visão de que ela é fútil e trazendo dicas preciosas que ela, como consultora de marcas e negócios, acumulou em todos esses anos de experiência. Analisar cases de sucesso e entender como eles inovaram também amplia a nossa visão para sempre.

O mercado de luxo e sua visão de experiência, de emoção, de inovação combinada a tradição, de legado, de deixar uma marca no mundo… nossa, poderia falar pra sempre das 3 horas de aula do Carlos Ferreirinha que valem por um curso inteiro.

Já caminhando para o fim, veio a Silvia Scigliano e sua aula sobre tendências que, nossa, a gente sai querendo rever no mesmo minuto em que acaba. Tem tanta marca fazendo coisa incrível por aí, tem tanto comportamento mudando segundo a segundo, tanta coisa pra estudar. Saí da aula querendo mudar o mundo… rs

Para encerrar a Fábrica de Negócios, uma aula extra com convidados especiais. A Lu anotou os principais questionamentos que as alunas tiveram ao longo de suas orientações individuais com ela e convidou gente pra falar de redes sociais, construção de sites, a beleza de um design bem feito na comunicação de uma marca ou empresa e até eu acabei dando um pitaco sobre a importância de ter um blog para comunicar a essência da marca e conquistar audiência (que pode se converter em cliente ou, até melhor, comunidade) para um conteúdo de qualidade.

Agora, todos vamos apresentar nosso projeto – já pronto para sair do papel depois de tantos exercícios, tanto repertório formado e tanta orientação de qualidade – para uma banca e ter ainda mais uma oportunidade de melhorar nosso negócio. Fala a verdade, tem tudo para dar certo, não tem?

Posts Relacionados

Flanar – pelo planeta, na sala de aula, nas ruas de São Paulo ou mesmo dentro de casa – é buscar inspiração. E é isso que eu divido com vocês aqui, no meu blog.

Últimos Posts

X