BLOG DA LU

Invasão no blog: a Alta Costura da Valentino

valentino alta costura

Se vocês acompanham o blog desde o ano passado, sabem que não é a primeira vez que eu cedo este espaço para alguém trazer informações preciosas a vocês. Hoje é a vez da querida professora Beth Venzon vir aqui contar suas percepções do maravilhoso desfile de Alta Costura da Valentino, que aconteceu na semana passada. Venham ver:

Um cenário barroco. Um ambiente luxuoso que respira história, arte e materiais do século XVII. Uma cidade: Roma. Um criador romano que não para de surpreender, de inovar e encantar. O assunto é Haute Couture e todos os aspectos sublinham o tema, mas com Pierpaolo Piccioli tudo pode acontecer e nada será como era antes.

O desfile da coleção Code Temporal representa  a valorização de todos os aspectos do que significa a instituição centenária da Alta Costura e os códigos da Maison  Valentino.

No coração de uma joia arquitetônica como o Palazzo Colonna, em meio às obras de arte de mestres da pintura como Tintoretto, Veronese, Carracci e outros mais, os espelhos iluminavam e ampliavam o grande desfile e as criações espetaculares que trouxeram à tona novos códigos estéticos. Rituais, processos e fazeres de ateliê, do feito à mão, das preciosidades têxteis, do humano, dos talentos de cada artesão, de cada participante desse processo tão único, tão particular e de imensa liberdade criativa.


O sonho continua alimentado num universo de imagens que unem música, pintura, escultura, arquitetura, tecidos, construções e muita luz! Uma linguagem barroca em tempos contemporâneos e com códigos contemporâneos. Em meio aos beges e dourados do palácio, alguns tons se fundem com o cenário e outros surgem fortes, luminosos – quase neon – como os verdes, rosas, laranjas e amarelos em formas atemporais, suntuosas pela amplidão das medidas, como as saias, mas sedutoras e possíveis de serem usadas em outros momentos. Formas que ora delineiam o corpo e ora ampliam estruturas, fortalecendo as imagens.

Pela primeira vez, o masculino é apresentado em um desfile de Alta Costura da Valentino. Mescla os conceitos e atualiza um universo dedicado, até então, somente ao feminino. Fluidez para sonhar e viver. “Alta Costura é para pessoas …é uma inspiração fluida, sem limites”, explicou Pierpaolo Piccioli. 

Lindo ver as inspirações, as traduções de referenciais e a leitura do “espírito do tempo” numa coleção de Alta Costura renovada. A tecnologia de um vídeo que aproxima detalhes, o carinho e o respeito para com cada artesão do atelier, que Pierpaolo sempre teve e potencializa cada vez mais.

O descritivo dos materiais, o embalar sonhos, o alinhar conceitos, o valorizar a essência, a história e a memória, e ao mesmo tempo inovar escrevendo novos códigos e impulsionando e renovando a Alta Costura. Enfim, tornando-a relevante para o momento que vivemos. Um impulso para o amanhã. É tempo de mudanças! Grazie, Pierpaolo!

Esse texto foi escrito por Beth Venzon.

Posts Relacionados

Flanar – pelo planeta, na sala de aula, nas ruas de São Paulo ou mesmo dentro de casa – é buscar inspiração. E é isso que eu divido com vocês aqui, no meu blog.

Últimos Posts

X