BLOG DA LU

O guia definitivo do Contraste Pessoal

Luciana Ulrich em cores e em escala de cinza para exemplificar a questão do contraste

Vejo muitas seguidoras e também consultoras de cores com dúvidas a respeito do assunto contraste pessoal. 

“O que é esse contraste? Como descobri-lo? Como saber se tenho alto, médio ou baixo contraste?” São apenas algumas das dúvidas que vocês me mandam quase diariamente. 

De fato, o assunto contraste natural, em um primeiro momento, pode soar um pouco abstrato. 

Mas garanto que, se você entender bem os fundamentos que ensinarei neste artigo, e passar a fazer os exercícios propostos aqui, tudo ficará muito mais fácil. 

Você conseguirá aplicar, na sua rotina, o contraste em estampas, armações de óculos, maquiagem, roupas, cabelos, acessórios… 

O que é contraste pessoal?

Como disse, para saber usar o contraste no dia a dia, é preciso compreender os seus fundamentos. 

Por definição, o contraste pessoal é a diferença de tons entre cabelo (incluindo a sobrancelha), pele e olhos. Ou seja, é a diferença de claro e escuro que temos na nossa beleza. 

Ele funciona como uma estampa do nosso rosto.

E, como na Coloração Pessoal, trabalhamos com o princípio da harmonia, buscamos sempre repetir o nosso contraste especialmente em regiões próximas ao rosto, como cabelos, maquiagem e acessórios.

No contraste pessoal, devemos avaliar também qual é o claro e qual é o escuro de cada beleza. Isso é algo bem individual, que deve ser analisado com cautela. O que pra mim é escuro para você pode ser intermediário…

Quais são os tipos de contraste? 

De maneira geral, trabalhamos com quatro tipos de contraste:

  • Baixo-claro
  • Baixo-escuro
  • Médio 
  • Alto

Porém, em algumas situações, podemos ter pessoas que ficam em uma zona de transição entre dois deles. Por exemplo: uma pessoa que tem médio para alto contraste consegue usar estampas desses dois contrastes com maior facilidade. 

O que significa cada um dos contrastes? 

São quatro nomenclaturas, mas o que significam?

Baixo-claro

Exemplo de baixo contraste claro: atriz Cate Blanchett

O contraste baixo-claro é aquele em que há pouca diferença, mais precisamente de 1 a 3 tons entre cabelo, pele e olhos. E o conjunto desses tons é formado por cores claras, ou seja, com maior adição de branco na composição. 

Baixo-escuro

Exemplo de baixo contraste escuro: atriz Lupita Nyong'o

Por muitos anos, a literatura de Coloração Pessoal só trabalhou com o conceito de contraste baixo. No entanto, ao estudar, percebi que pelo fato dessa literatura ser majoritariamente europeia, o baixo contraste estava relacionado somente às peles claras e cabelos mais clarinhos. 

Foi assim que, para abraçar uma maior diversidade de peles e após me especializar na miscigenação brasileira, eu desenvolvi para o Método Studio Immagine de Coloração Pessoal o conceito de contraste baixo-escuro. 

As pessoas que têm esse contraste, assim como no baixo-claro, também têm cores de cabelos, olhos e pele parecidas, próximas, com diferença de até 3 tons. A grande diferença é que o conjunto de cores dessa beleza é majoritariamente escura, ou seja, com maior adição de preto. 

Médio

O médio contraste é aquele em que existe uma diferença intermediária de tons entre pele, cabelo e olhos, que vai de 4 a 6 tons.

Assim como no baixo contraste, também podemos avaliar se o conjunto de tons é predominantemente claro ou escuro. 

Alto 

Exemplo de Alto contraste: cantora Dua Lipa

No alto contraste, vemos uma grande diferença de tons no conjunto pele, cabelo e olhos. Do ponto mais escuro ao mais claro, podemos ter mais de 6 tons de diferença. 

Quais os contrastes mais comuns em cada cartela de cores? 

O contraste é o ponto de partida para a definição da cartela de cores. Porém, sozinho, ele não fecha diagnóstico algum, ok? 

Só para que você tenha ideia, podemos encontrar o Médio Contraste em todas as 12 cartelas do Método Sazonal Expandido de Coloração Pessoal. 

Vou deixar a seguir uma tabela que resume os principais contrastes encontrados em cada cartela. No entanto, quero salientar que essa é uma classificação mais geral e que podemos também ter exceções! 

O contraste de cada cartela

Como saber o meu contraste pessoal: o passo a passo

A etapa do contraste é a única que você consegue, em parte, fazer sozinha aí da sua casa e vou te mostrar o passo a passo:

  1. Em uma iluminação natural, de frente para a janela, tire uma foto do seu rosto, cobrindo, principalmente, os cabelos tingidos, se você os tiver. 
  1. Em seguida, vá no modo Edição e escolha a opção de Saturação. Você deve zerar a saturação da foto, deixando-a em escala de cinza.
  2. Agora, é a hora de avaliar a diferença de claro e escuro da sua beleza com o auxílio da régua de gradação em cinza. Em qual casinha/número se encaixa a cor do seu cabelo (se o cabelo for tingido, avalie a sobrancelha)? E a dos olhos? E a cor da pele?
  3. Anotadas as numerações, avalie a diferença entre o ponto mais escuro da sua beleza e o mais claro.
  4. Se a diferença do maior para o menor for de 1 a 3, você provavelmente terá um baixo contraste. De 4 a 6, possivelmente terá um médio contraste. Com mais de 6 de diferença, certamente o seu será um alto contraste. 

Algumas informações MUITO importantes ao tirar a foto:

  • Veja se a iluminação está correta ou se seu rosto está com sombras. Por via das dúvidas, recomendo tirar mais de uma foto.
  • Observe também aspectos como a oleosidade do cabelo, que pode deixá-lo um pouco mais escuro. Ou se o cabelo está com algum tipo de gel.
  • Não use filtros em preto e branco, somente o modo Edição > Saturação > Zerando toda a saturação e deixando a foto em escala de cinzas.

Por todos esses motivos, contar com a experiência e a avaliação de uma Consultora especializada em Cores para te auxiliar na confirmação desse resultado é muito importante. 

Ela irá te orientar, da melhor forma possível, a aplicar o contraste e a relacioná-lo com as cores da sua cartela. 

O contraste no teste de Coloração Pessoal

No Método Studio Immagine de Coloração Pessoal, sempre começamos o teste de cor pela Análise de contraste pessoal da cliente. 

A primeira etapa é justamente avaliar, por foto, conforme te ensinei acima, a diferença de tons na beleza da cliente. 

Mas, durante todo o nosso teste, para garantir a confiabilidade do resultado, checamos cada etapa. No contraste, essa checagem é feita com os Tecidos Estampados de Contraste.

Lembra que falei que o contraste funciona como uma estampa do nosso rosto? Isso significa que, para se ter harmonia, o tecido estampado deve servir como uma continuação da estampa do rosto da cliente. 

Por isso, temos os tecidos de baixo contraste claro, baixo contraste escuro, médio e alto contrastes. 

Como aplicar no dia a dia? 

Teoria ✅ 

Mas como levar tudo isso para o dia a dia? No que o contraste implica na prática? 

O conhecimento do contraste pessoal ajuda a definir:

  • Tons de cabelo
  • Maquiagem
  • Estampas de roupas
  • Armações de óculos
  • Estratégia de imagem

O contraste nos tons de cabelo

Podemos aplicar o conceito nos cabelos. E aqui devemos prestar bastante atenção para não errar durante a avaliação.

Existem mais de 10 tons base de cabelo e vejo que muitas vezes, na hora de avaliar se um cabelo é claro ou escuro, as pessoas erram no diagnóstico.

Tenho como exemplo o meu próprio cabelo: muita gente acaba dizendo que é escuro quando, na verdade, se trata de um tom Louro Escuro que, dentro da classificação dos cabelos, ainda é considerado um tom claro.

Outro fator importante na análise dos cabelos é a harmonia.

Se harmonia é repetição, idealmente, devemos repetir e respeitar o nosso contraste, mantendo o cabelo em tons que não o façam diminuir muito ou aumentar bastante. 

Porém, com o auxílio de uma Consultora de Cores, você pode realizar mudanças nos fios pensando em uma estratégia de imagem. 

Trago como exemplo a Jade Picon, influencer que agora faz parte do BBB 22. Naturalmente, a Jade possui um contraste médio para alto. 

O contraste da Jade Picon, influenciadora e participante do BBB 22

No entanto, já a vimos em diferentes fases capilares. 

Quando decidiu clarear os fios para um tom de loiro platinado, ela baixou radicalmente o seu contraste, o que representou, consequentemente, uma mudança significativa das suas características naturais. 

Perceba como a alteração do contraste a deixou com um semblante mais cansado. 

Os cabelos de Jade Picon e a relação com o contraste

“Ah, Lu, então é errado eu mudar radicalmente o meu contraste?”, vocês me perguntam muito isso quando dou esses exemplos. 

E a resposta é: depende! Qual o seu objetivo com essa alteração? 

Provavelmente, no caso da Jade, ela contou com uma Consultora de Imagem para auxiliá-la nessa transformação. Os fios ultra claros transmitem mais distanciamento e inacessibilidade, mensagem que ela pode ter querido transmitir através da imagem. 

Por isso, antes de qualquer mudança radical, o que aconselho é: pense com carinho no porquê você está fazendo isso. Se tiver um objetivo, fica muito mais fácil até psicologicamente falando assumir tal mudança. 

Ao alterar de forma substancial o contraste, você poderá sentir um maior destaque das olheiras, manchinhas e linhas de expressão. Então já é bom pensar também o quanto se sente confortável em relação a tudo isso. 

Uma saída para aquelas que desejam minimizar esses efeitos é compensar na maquiagem, por exemplo. 

Por isso, contar com a expertise de uma consultora de cores é fundamental para uma mudança de visual mais segura e confortável, alinhada aos seus objetivos pessoais e profissionais. 

Mas voltemos à Jade…

Na casa do BBB, ela voltou a escurecer os fios. Nesse caso, entram em pauta duas questões:

  1. De novo, estratégia de imagem: gente, nada é por acaso! Ao voltar para o seu contraste natural, a Jade volta também a transmitir mais acessibilidade e proximidade, o que é excelente para um game visto por milhões de brasileiros, concordam? 
  2. Facilidade de manutenção: se o loiro ultra claro já requer uma super manutenção aqui fora, imagine dentro da casa do BBB, que ela conta com poucos recursos disponíveis. O tom escuro é muito mais fácil de manter quando comparado ao loiro. 

Maquiagem

A maquiagem está sobre o nosso rosto e, por isso, é outro ponto super importante e que devemos levar em consideração quando o assunto é contraste.

Se você tem baixo-contraste claro e quer manter a harmonia da beleza, o ideal será repetir esses tons na make, como mostra a primeira foto da Angélica que separei para vocês.

Angélica com contraste harmônico
Foto: Reprodução Instagram @angelicasky

Caso use uma maquiagem de alto contraste, como olhos bem pretos e esfumados + batom vermelho, gosto de dizer que “a make chegará antes de você”. Isto é, perceberemos primeiro a maquiagem para só depois prestarmos atenção no seu rosto.

 

A apresentadora Angélica com um contraste que foge do seu natural
Foto: Reprodução Instagram @angelicasky

Foi o que aconteceu com a segunda foto da Angélica. Ela, que tem um contraste natural baixo-claro (como na primeira foto), ao usar o batom vermelho escuro com o cabelo loiro em um tom mais claro, aumenta esse contraste. 

Veja como, nessa segunda foto, a primeira coisa que você observa nela é o batom vermelho.

Se você tem alto contraste (cabelos muito escuros + pele clara) e opta por usar um batom super clarinho. Ele irá te deixar com o semblante cansado. 

Mas, mais uma vez, tudo vai depender da estratégia de imagem que você deseja adotar! 

Estampas de roupas

Ao avaliar as estampas, levamos em consideração, assim como fazemos com a nossa foto, a diferença do tom mais escuro e do mais claro. 

Elaborei uma galeria de imagens que irá te ajudar a entender e escolher a melhor estampa levando em consideração o seu contraste. 

  • estampa contraste pessoal

#DicadaLu: Lembre-se que as estampas que estão mais próximas ao seu rosto são as que têm maior impacto na sua beleza! 

Armações de óculos

Você já teve a sensação de olhar para uma pessoa e sentir como se os óculos dela não lhe pertencessem? 

Isso pode acontecer tanto pelo fato de o óculos ser claro demais para ela ou escuro demais. 

Ou, ainda, estar em cores que não pertencessem à sua cartela. Por isso, falo da importância de fazer a Análise de Coloração Pessoal, uma experiência única, que vale para o resto da vida. 

Na análise, descobrimos tudo sobre o seu contraste e também sobre as melhores cores para você!

Os óculos, assim como a maquiagem e as estampas, preferencialmente, devem respeitar o seu contraste. 

#DicadaLu: Na hora de comprar armações novas, tire a sua foto vestindo os óculos e aplique o passo a passo que te ensinei no início deste artigo. Edição > Saturação > Tire toda a Saturação da Foto. Observe, então, se os óculos “derretem” na sua beleza e parecem ser uma continuação da estampa do seu rosto ou não. 

Estratégia de Imagem

Dominar o contraste é uma verdadeira mão na roda para quem deseja entender mais sobre estratégia de imagem. 

Isso porque, sabendo que o alto contraste transmite as mensagens de distanciamento, seriedade, força e objetividade, e o baixo contraste de proximidade, leveza, delicadeza e acessibilidade, você consegue usá-los em cada aspecto visual da sua comunicação. 

Conhecimento é ouro e nos abre um leque de possibilidades. 

Ufa… Esse artigo rendeu, não é? Adoro falar sobre contraste porque sei que é um tema que vocês também amam e me pedem muito.

Agora, me diga: quais as suas principais dúvidas sobre contraste? Irei reunir as principais em um novo artigo aqui para o meu blog.

Formação em Coloração Pessoal da Studio Immagine: inscreva-se

12 comentários em “O guia definitivo do Contraste Pessoal”

  1. Iolanda Benicio da Silva Pacifico

    Olá Luciana!!!,
    Meu nome é Iolanda B.S. Pacífico, fui sua aluna em novembro de 2019, fiz o seu curso de coloração pessoal por indicação da minha terapeuta, porque na época minha mãe estava avançando no quadro de Alzheimer e para as filhas ( minha irmã e eu) estávamos vendo tudo cinza.

    Minha mãe partiu dessa vida no dia 19 de janeiro dormindo, acho que foi muito merecimento pois dizem, e vi na internet, que os casos mais avançados de Alzheimer, que essa doença maltrata tanto a pessoa que está doendo como também os familiares que assistem.

    Gostaria só de agradecer você Luciana, que anjo lindo você é!!! Você não imagina como saí feliz do seu curso.

    Acompanho você no Instagram, e adoro suas dicas, minha cartela é outono quente.

    Beijos e muita prosperidade!!!

    Iolanda

    1. Oi, Iolanda! Olha a mensagem que a Lu mandou pra você: “Nossa, Iolanda, fiquei emocionada! Muito obrigada pelo carinho. Que bom que pude ajudá-la nesse momento tão difícil, as cores realmente têm função terapêutica nas nossas vidas. Um beijo grande”.

  2. Olá
    Então make para pessoas de médio contraste escuro seriam maquiagens mais escuras? Um exemplo, um nude com mais pigmento marrom? Pois um batom nude bem clarinho já deixaria a pessoa com aspecto cansado, seria isso?

  3. Pingback: Outono Suave: cores, características, maquiagem e tons de cabelo

  4. Pingback: Descubra os 12 maiores mitos da Coloração Pessoal

  5. Pingback: Coloração Pessoal de A a Z: o glossário de termos da área!

  6. Pingback: Outono Quente: o guia definitivo da cartela!

  7. Francinilde

    Lu sobre a foto do *vestir o óculos * eu fiz, tirei toda a saturação da foto , porém não entendi o que vc falou no derrete no seu rosto , se é uma continuação da estampa do seu rosto , consegue ser mais clara para que eu possa analisar a foto q eu tirei ? Obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados

X